Discreet charity



CARIDADE DISCRETA


Mateus 6:1-4


(Versão Fácil de Ler)
 
1) ¡Tenham cuidado! Não pratiquem boas obras em público somente para serem vistos pelos outros. Se vocês fizerem isso, não receberão nenhuma recompensa do Pai que está no Céu.

2) Quando você der alguma coisa a um pobre, não espalhe para todo mundo o que fez. Os hipócritas é que fazem isso nas sinagogas e nas ruas, a fim de receberem elogios das pessoas. Digo a verdade a vocês: Eles já receberam a recompensa deles.

3) Você, entretanto, quando der alguma coisa aos pobres, não deixe nem que seu melhor amigo fique sabendo o que você fez.
4) Assim sua esmola vai ficar em segredo; e seu Pai, que vê tudo o que é feito em segredo, lhe dará a recompensa.


Palavras de JESUS DE NAZARÉ (segunda Pessoa da SANTÍSSIMA TRINDADE: YHWH manifesto de três formas), no Sermão da Montanha. Tudo isto aconteceu durante o segundo ano (27-28 d.C.) do ministério de JESUS na Terra (26-30 d.C.)


Comentários:

Nós, filhos de DEUS, ¿estamos a serviço de quém? ¿A quém queremos agradar? ¿A DEUS ou aos seres humanos?

Se praticamos boas obras só para sermos vistos e aplaudidos pelos outros, corremos duplo perigo.

1.- Antes de tudo, porque as pessoas podem ignorar nossos feitos. Então, ficamos frustrados e aborrecidos.
2.- Depois, mesmo admirando nossas boas obras, as pessoas são incapazes de valorizar-nos suficientemente, ou recompensar-nos à altura do que fazemos. Nesse caso, a decepção é profunda.

Melhor seguir a estrada indicada por jesus: pensar e agir, não para receber elogios humanos, mas para oferecer tudo ao Pai, que vê também o que está oculto e conhece as intenções do coração de cada pessoa. Só DEUS tem o poder de nos recompensar devidamente.

JESUS não nos impulsiona à uma religião intimista, nem isenta de manifestações. Aquilo que DEUS não permite é uma "encenação" da fé, simplesmente para sermos considerados santos ou puros.

Nossa fé se expressará pelo amor ao irmão, na atenção aos pobres, no abraço aos que sofrem, e no caminhar junto dos excluídos.