Presentation of the Lord JESUS at the Temple


Apresentação do Senhor JESUS no Templo


Memória simbólica: 2 de fevereiro.
24 de Bul/Cheshvan/Marquesvã (finais de Novembro): data verdadeira.

Leitura principal: Lucas 2:22-40

A festa desta data, cuja origem remonta ao século IV, era chamada de Purificação de Maria, lembrando o cumprimento da lei, conforme descrição do segundo capítulo de Lucas. Quarenta dias após o nascimento, JESUS foi levado ao Templo para se cumprir a lei a respeito dos primogênitos (Êxodo 13:2, 13:12), e a respeito da purificação da mãe (Levítico 12:1-8).

Querendo dar o verdadeiro sentido ao acontecimento de origem (a oferta de JESUS ao Pai, símbolo do sacrifício da cruz), deu-se-lhe a esta celebração o nome de Apresentação do Senhor JESUS. Ele, sendo sem pecado, quis dar-nos exemplo de submissão às autoridades, sendo esta uma comovente lição de humildade.

O encontro do Senhor JESUS com o profeta Simeão e a profetisa Ana no Templo, ressalta o caráter sacrifical da celebração e a comunhão pessoal de Maria com a morte de JESUS na cruz. Simeão profetizou a respeito de Maria: «Uma espada traspassará tua alma» (Lucas 2:34-35).

O rito de utilizar velas nas celebrações deste sucesso, se inspira nas palavras do velho Simeão: «Meus olhos viram Tua Salvação que preparaste diante de todos os povos, como luz para iluminar as Nações» (Lucas 2:29-32). Beda deu a notícia que esta procissão era destinada à reparação das extravagâncias que se faziam na Lupercália dos romanos.