Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

Aaron, brother of Moses

Arão, filho de Anrão,
interpretado por Petrônio Gontijo
em 2015-2016.


Arão (Aarão), irmão de Moisés


Leitura principal: Êxodo 4:14-16


Moisés foi escolhido por DEUS para libertar os israelitas da escravidão no Egito, mas sofria de gagueira. Assim, quem falava por ele enquanto estavam na presença do faraó, era Aarão. Mais tarde, quando o povo de Israel se consolidou, Aarão e seus descendentes foram escolhidos para serem sacerdotes e oficiar o culto a YHWH.

Aarão é visto como um exemplo de fidelidade e lealdade a DEUS. Seu testemunho está imortalizado nas Sagradas Escrituras da Bíblia, que por outra parte é a única fonte para sua biografia. Além do amplo e articulado desenvolvimento do Pentateuco (Torá), há um trecho na Epístola aos Hebreus que refere-se diretamente ao sumo sacerdote Aarão no início do quinto capítulo, quando começa a reflexão sobre o significado e extensão do sacerdócio de CRISTO (Hebreus 5:1-4). Sirácida também faz menção a Arão.

Irmão carnal de Moisés, foi glória para Aarão a de ser colaborador privilegiado (embora um tanto ciumento) do grande líder carismático que DEUS enviou ao Seu povo escravo no Egito, para guiá-lo à Terra Prometida.

Homem frágil e pecador (como todos), Aarão é, todavia, o modelo de colaboração com DEUS para a realização de seu desígnio de amor. Arão fez uma boa equipe com Moisés, pois forneceu-lhe uma das habilidades necessárias: falar efetivamente em público. Mas, embora Moisés precisasse de Arão, este último também precisava do primeiro, Sem um guia, Arão tinha pouca direção de si mesmo. Nunca houve dúvida de quém DEUS havia escolhido e treinado como líder. A docilidade que fez de Arão um bom seguidor, também fez dele um líder fraco. Os maiores erros de sua vida foram causados por sua incapacidade de se valer por si próprio. Sua condescendência diante da pressão do público para criar um ídolo, foi um bom exemplo dessa fraqueza (Êxodo 32).

A maioria de nós temos mais características de seguidores do que de líderes. Podemos estar seguindo um bom líder, mas nenhum é perfeito, e humano algum merece nossa lealdade total. Somente DEUS é digno disso e de nossa obediência. Precisamos ser membros de uma equipe eficaz, usando as habilidades e os dons que DEUS nos deu. Mas se a equipe ou o líder for contra a Palavra de DEUS, devemos estar dispostos a nos valer por nós mesmos.


Dados gerais de Aarão:

• Nascido no Egito no século XVI a.C, faleceu no monte Hor no século XV a.C.
• Sumo sacerdote, e o segundo (depois de Moisés) no comando da nação israelita.
• Moisés e Maria (Miriã) eram seus irmãos; Nadabe, Abiú, Eleazar e Itamar foram seus filhos.

Pontos fortes e realizações:

• Primeiro sumo sacerdote de DEUS em Israel.
• Comunicador efetivo; foi o porta-voz de Moisés.

Fraquezas e erros:

• Personalidade dócil; cedeu às demandas do povo de fazer um bezerro de ouro (Êxodo 32).
• Ele se juntou à irmã Maria (Miriã) para reclamar de Moisés (Números 12).
• Ele se juntou a Moisés, desobedecendo às ordens de DEUS sobre a rocha que dava água (Números 20:1-12).

Lições de sua vida:

• DEUS dá habilidades especiais aos indivíduos que Ele reúne para Seu propósito.
• As habilidades especiais de um bom jogador de equipe, às vezes o tornam um líder ruim.

Memória simbólica: 1 de Julho.