Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

Philip of Bethsaida

Filipe de Betsaida,
interpretado por Matheus Fagundes
em 2018-2019.

Filipe de Betsaida


Os evangelistas Mateus, Marcos e Lucas nos dão de Filipe somente o nome e o lugar do nascimento: Betsaida. João nos oferece mais particularidades acerca da personalidade de Filipe, apresentando-o, antes de tudo, vinculado pela amizade com o apóstolo Natanael-Bartolomeu, que ele apresenta a JESUS: «Encontramos Aquele de quem escreveram Moisés, na Lei, e os Profetas: JESUS. Vem e vê» (João 1:45-46).

No relato da milagrosa multiplicação dos pães, é a Filipe que JESUS dirige a bem conhecida pergunta: «¿Ônde compraremos pão, para que esta gente possa comer?» (João 6:5). Filipe não entende o significado da pergunta, e depois de dar uma olhada à multidão, disse: «Duzentos denários de pão não seriam suficientes para que cada um receba um pedaço» (João 6:7).

O jeito um tanto embaraçado de Filipe vem à tona na última informação do Evangelho a respeito dele. Na Última Ceia, JESUS fala aos Seus apóstolos acerca da TRINDADE. Filipe está abismado pelo mistério, mas quer simplificar demais: «Senhor, mostra-nos o Pai e isto nos basta» (João 14:8). O resto da vida de Filipe está encoberto na obscuridade, como também sua morte. A tradição mais comum afirma que ele morreu crucificado, de cabeça para baixo, diante da estátua de Marte em Gerápolis, província romana da Ásia (dentro da postreira província da Frígia), no tempo do imperador Domiciano, ou talvez Trajano, aos 87 anos de idade.

Memória simbólica: 03 de Maio

Most visited posts of this week:

Protestant Reformation

A Reforma Protestante teve origem na Alemanha em 31 de outubro de 1517, quando Martinho Lutero publicou as 95 Teses contra a venda de indulgências, na porta da igreja de Wittenberg.Martinho Lutero partiu da necessidade de uma religião interior, baseada na comunhão da alma, humilde e receptiva com DEUS.

A Reforma Protestante foi apenas uma das inúmeras reformas religiosas ocorridas após a Idade Média, e que tinham como base, além do cunho religioso, a insatisfação com as atitudes da Igreja Católica e seu distanciamento com relação aos princípios primordiais.

O termo «Protestante» ou «Evangélico» é utilizado em toda América Latina para especificar as religiões cristãs que tiveram sua origem ou algum vínculo com os princípios da Reforma Protestante. Embora tenham a mesma origem, essas denominações estão divididas em duas grandes vertentes: o Protestantismo tradicional (clássico, conservador ou histórico), e o Pentecostalismo.

Antecedentes
No final da Idade Média (período da história …