Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

To live is CHRIST


Filipenses 1:21


(Versão Fácil de Ler)

Por isso, para mim, o viver é CRISTO, e o morrer é lucro.

(Almeida Corrigida e Fiel)

Porque para mim o viver é CRISTO, e o morrer é ganho.


Palavras do apóstolo Paulo de Tarso, desde sua prisão em Roma, dirigidas aos cristãos de Filipos, na província romana da Macedônia, entre 60-64 d.C.

Comentários:

Aqui, em poucas palavras, temos a filosofia de vida que Paulo teve. Ele não viveu por dinheiro, fama ou prazer. O propósito de sua vida era amar, adorar e servir ao Senhor JESUS. Ele queria que sua vida fosse como a vida de CRISTO. Ele queria que o Salvador vivesse Sua vida através dele.

Morrer é ganho (lucro). Morrer é estar com CRISTO e ser como Ele para sempre. É para servi-Lo com um coração limpo e com pés que nunca se desviam. Em geral, não pensamos na morte como um de nossos ganhos. É triste dizer que a perspectiva atual parece ser que «viver é ganho terreno, e morrer seria o fim do lucro». Mas John Henry Jowett disse: «Para o apóstolo Paulo, a morte não era um trânsito sombrio, no qual todos nossos tesouros apodrecem rapidamente; é um lugar de transição suave, um caminho coberto que leva à luz»

Most visited posts of this week:

Mary of Clopas

Maria de Cleofas (ou Clopas)
Memória simbólica: 09 de Abril (ou 24 de Abril, juntamente com Salomé, mãe dos apóstolos Tiago Maior e João Evangelista, filhos de Zebedeu).

Leitura principal: Marcos 15:40-41; 16:1-7.

Era a esposa de Cleofas/Clopas (Alfeu), e mãe de Tiago Menor e de José. (Mt 27:56, 27:61; João 19:25) A tradição, embora sem nenhum apoio bíblico, diz que Clopas e José, pai adotivo de Jesus, eram irmãos. Se isto for verdade, então esta Maria era cunhada de Maria (mãe de JESUS), e os filhos, primos de JESUS.

Maria de Cleofas não somente estava entre as mulheres que tinham acompanhado JESUS desde a Galileia para ministrar-Lhe, mas também presenciou ser ele crucificado (Mateus 27:55; Marcos 15:40-41). Junto com Maria Madalena, Maria de Cleofas permaneceu algum tempo perto do túmulo dele naquela dolorosa tarde (Mateus 27:61). No terceiro dia, as duas e mais outras, foram ao túmulo com aromas e óleo perfumado para untar o corpo de JESUS, mas para seu espanto, encontraram o túmul…