Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

Hear, O Israel


Deuteronômio 6:4-5


(Bíblia Viva)

4) Ouça, ó Israel: YHWH é nosso Deus: ¡YHWH somente!
5) Você deve amar YHWH, nosso Deus, de todo o coração, de toda a alma e com todas as forças.


Palavras de Moisés, filho de Anrão, durante seu primeiro discurso (Deuteronômio 1:1–4:43) de um total de três que ele fez antes de falecer no monte Nebo (Deuteronômio 34). Isto aconteceu no final do quadragésimo e último ano (1447 a.C.) de peregrinação no deserto (1487-1447 a.C.).


Comentários:

Esta passagem (capítulo 6, versículos 4-9) fornece o tema central de Deuteronômio. Estabelece um padrão que nos ajuda a relacionar a Palavra de DEUS à nossa vida diária. Temos que amar a DEUS, constantemente pensar em Seus mandamentos, ensinar Seus mandamentos a nossos filhos, e viver cada dia de acordo com os princípios de Sua Palavra. DEUS enfatiza a importância de os pais ensinarem a Bíblia a seus filhos. Esta responsabilidade não pode ser delegada à igreja e às escolas cristãs. A Bíblia oferece tantas oportunidades para obter lições objetivas e práticas, que seria uma pena estudá-las apenas um dia por semana. As verdades eternas são aprendidas de maneira mais eficaz no ambiente amoroso de um lar onde DEUS é temido.

JESUS disse que amar a DEUS com todo nosso ser é o maior dos mandamentos (Mateus 22:37-39). Esta ordem, combinada com a de amar o próximo (Levítico 19:18), condensa todas as outras leis do Antigo Testamento.

Most visited posts of this week:

Mary of Clopas

Maria de Cleofas (ou Clopas)
Memória simbólica: 09 de Abril (ou 24 de Abril, juntamente com Salomé, mãe dos apóstolos Tiago Maior e João Evangelista, filhos de Zebedeu).

Leitura principal: Marcos 15:40-41; 16:1-7.

Era a esposa de Cleofas/Clopas (Alfeu), e mãe de Tiago Menor e de José. (Mt 27:56, 27:61; João 19:25) A tradição, embora sem nenhum apoio bíblico, diz que Clopas e José, pai adotivo de Jesus, eram irmãos. Se isto for verdade, então esta Maria era cunhada de Maria (mãe de JESUS), e os filhos, primos de JESUS.

Maria de Cleofas não somente estava entre as mulheres que tinham acompanhado JESUS desde a Galileia para ministrar-Lhe, mas também presenciou ser ele crucificado (Mateus 27:55; Marcos 15:40-41). Junto com Maria Madalena, Maria de Cleofas permaneceu algum tempo perto do túmulo dele naquela dolorosa tarde (Mateus 27:61). No terceiro dia, as duas e mais outras, foram ao túmulo com aromas e óleo perfumado para untar o corpo de JESUS, mas para seu espanto, encontraram o túmul…