Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

The confusion of envy


Tiago 3:16


(Nova Tradução na Linguagem de Hoje)

Pois, onde há inveja e egoísmo, há também confusão e todo tipo de coisas más.


Palavras de Tiago, o Justo (irmão de JESUS CRISTO, e líder da Igreja em Jerusalém), dirigidas aos crentes da diáspora. Esta carta foi redigida entre 45-50 d.C. (antes do Concílio de Jerusalém), sendo a epístola mais antiga do Novo Testamento.


Comentários:

Para não nos tornarmos pessoas ciumentas e invejosas, precisamos desenvolver amor e bondade. A Bíblia diz: «O amor é paciente e bondoso. O amor não é ciumento» (1 Coríntios 13:4). Uma forma de impedir que o ciúme tome conta de nós, é ver as coisas do ponto de vista de YHWH. Para Ele, todos na congregação são como membros do mesmo corpo. Encarar os irmãos assim nos ajuda a não ficar com inveja deles, mas a agir de acordo com o que a Bíblia diz: «Se um membro é glorificado, todos os outros membros se alegram com ele» (1 Coríntios 12:16-18; 12:26) Ou seja, quando acontecer algo bom com nossos irmãos, vamos ficar felizes.

Veja o exemplo de Jônatas, filho de Saul. Quando Davi foi escolhido para ser rei no lugar dele, ele (Jônatas) não ficou com ciúme. Pelo contrário, ele apoiou e encorajou Davi (1 Samuel 23:16-18). Assim como Jônatas, devemos ser amorosos e bondosos.

Most visited posts of this week:

Seven reasons to fast

Sete motivos para jejuar
O jejum é a prática de não se alimentar durante determinado tempo (1 Reis 21:9). É voluntário, exige pureza de vida (Isaías 58:3-7), e exclui a exibição (Mateus 6:16-18). Em duas passagens bíblicas relata-se que a liderança da Igreja, seguindo o costume hebraico, orou com jejum (Atos 13:2-3; 14:23).

A prática do jejum não é obrigatória (exceto em Yom Kippur), mas é uma recomendação bíblica, porque as Escrituras trazem consigo alguns princípios que devem ser entendidos e seguidos.

Por isso, eis 7 motivos para jejuar:

1.- Crescer em intimidade com JESUS.
2.- Adquirir sabedoria e direção.
3.- Receber proteção.
4.- Experimentar o poder de DEUS.
5.- Esperar o cumprimento das promessas de DEUS em nossas cidades e nações.
6.- Deter uma crise individual, familiar ou nacional.
7.- Receber revelação profética do final dos tempos.

Kenneth Hagin afirmou o seguinte: «O jejum não muda a DEUS. Ele é o mesmo antes, durante e depois de seu jejum. Mas, jejuar mudará você. Vai l…