Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

The eternal light of God


Isaías 60:20


(Nova Versão Transformadora)

Seu sol nunca se porá, sua lua nunca deixará de brilhar. Pois YHWH será sua luz eterna; seus dias de lamento chegarão ao fim.


Palavras de YHWH através do profeta Isaías, filho de Amoz, dirigidas aos habitantes de Jerusalém, capital de Judá, durante a queda de Samaria e de todo o Reino hebraico nortista de Israel (entre 722-717 a.C.), efetuada pelo imperador assírio Salmanasar V (2 Reis 18:9-12).


Comentário:

No Milênio (Era Messiânica), a glória de YHWH será tal que irá eclipsar o brilho do sol e da lua, que serão desnecessários: «Nunca mais o sol a iluminará de dia, nem a lua, de noite» (Isaías 60:19). Essas imagens serão coletadas pelos autores apocalípticos (Apocalipse 21:23; Ezequiel 43:2).

Em Isaías 30:26 é dito que, nos tempos messiânicos, o sol e a lua se tornarão sete vezes mais potentes. São hipérboles apocalípticas que expressam realidades teológicas: YHWH, o nosso Sol da justiça, iluminando a Nova Jerusalém.

DEUS será, realmente, o resplendor de Sião e a luz eterna (Isaías 60:20) que luzirá radiante para sempre, sem existência de ocaso: «Nunca mais se porá o teu sol, nem a tua lua minguará (...) e os dias do teu luto findarão». A escuridão é um sinal de tristeza. Na Era Messiânica, a segurança e a satisfação resultantes da salvação serão tais, que não haverá lugar para o choro.

Most visited posts of this week:

Shavuot (Pentecost)

Pentecostes é o nome grego para um festival bíblico conhecido em língua hebraica como Shavuot: a Festa das Semanas (Levítico 23:15; Deuteronômio 16:9). A palavra grega significa «cinqüenta», e refere-se às cinco dezenas de dias que transcorrem desde a oferta movida da Páscoa (Levítico 23:4-22). A Festa das Semanas (Shavuot) celebra o fim da colheita de grãos.

Esta celebração é a segunda das três grandes festas anuais do Pentateuco (Torá). As outras são a Páscoa/Festa dos Pães sem Fermento, e Sucot/Festa dos Tabernáculos (Êxodo 23:14-16; Levítico 23:15-21; Números 28:26-31; Deuteronômio 16:9-12).

Etimologia
A Festa das Semanas (Shavuot) adquiriu o nome de Pentecostes, por causa de que se comemorava no dia qüinquagésimo a partir da jornada em que era movido o molho (feixe) da oferta (Levítico 23:15).

Em hebraico, o nome desta festa é Shavuot. Este vocábulo é plural de Shavua, que em hebraico significa «semana». Portanto, Shavuot significa «semanas».

Em grego, o nome desta festa é Pentec…