Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

Rescuing the lost


Gálatas 6:1


(Nova Versão Transformadora)

Irmãos, se alguém for vencido por algum pecado, vocês, que são guiados pelo ESPÍRITO, devem, com mansidão, ajudá-lo a voltar ao caminho certo. E cada um cuide para não ser tentado.


Palavras do apóstolo Paulo de Tarso, escritas entre 50-60 d.C., dirigidas aos cristãos da província romana da Galácia.


Comentários:

Aqui temos uma declaração cativante sobre cômo um crente que pecou deveria ser tratado por outros cristãos. Ser apanhado em alguma falha, descreve um homem que cometeu um ato de pecado, em vez de alguém que geralmente é pecador. Tal pessoa deve ser confrontada por cristãos espirituais. Um cristão carnal poderia, com uma atitude dura e fria, fazer mais mal do que bem. Nem uma parte culpada seria suscetível a receber uma advertência de alguém que está fora de contato com o Senhor JESUS.

Este verso levanta uma questão interessante. Se um homem é verdadeiramente espiritual, ¿ele admitiria isso? ¿Não são os espirituais mais conscientes de suas falhas? A resposta é esta: um homem verdadeiramente espiritual nunca se gabará de sua condição, mas terá o coração terno de um pastor, que o fará querer restaurar o transgressor. Ele não agirá em um espírito de orgulho ou superioridade, mas em um espírito de mansidão se lembrará de que ele também pode ser tentado.

Most visited posts of this week:

Shavuot (Pentecost)

Pentecostes é o nome grego para um festival bíblico conhecido em língua hebraica como Shavuot: a Festa das Semanas (Levítico 23:15; Deuteronômio 16:9). A palavra grega significa «cinqüenta», e refere-se às cinco dezenas de dias que transcorrem desde a oferta movida da Páscoa (Levítico 23:4-22). A Festa das Semanas (Shavuot) celebra o fim da colheita de grãos.

Esta celebração é a segunda das três grandes festas anuais do Pentateuco (Torá). As outras são a Páscoa/Festa dos Pães sem Fermento, e Sucot/Festa dos Tabernáculos (Êxodo 23:14-16; Levítico 23:15-21; Números 28:26-31; Deuteronômio 16:9-12).

Etimologia
A Festa das Semanas (Shavuot) adquiriu o nome de Pentecostes, por causa de que se comemorava no dia qüinquagésimo a partir da jornada em que era movido o molho (feixe) da oferta (Levítico 23:15).

Em hebraico, o nome desta festa é Shavuot. Este vocábulo é plural de Shavua, que em hebraico significa «semana». Portanto, Shavuot significa «semanas».

Em grego, o nome desta festa é Pentec…