Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

No one makes fun of GOD


Gálatas 6:7-8


(Nova Versão Transformadora)

7) Não se deixem enganar: ninguém pode zombar de DEUS. A pessoa sempre colherá aquilo que semear.
8) Quem vive apenas para satisfazer sua natureza humana, colherá dessa natureza ruína e morte. Mas quem vive para agradar o ESPÍRITO, colherá do ESPÍRITO a Vida Eterna.


Palavras do apóstolo Paulo de Tarso, escritas entre 50-60 d.C., dirigidas aos cristãos da província romana da Galácia.


Comentário:

Certamente seria incrível se você plantasse milho e colhesse abóboras. É uma lei da vida, espiritual e física, que você colhe aquilo que planta. Se você fofocar sobre seus amigos, você os perderá. Cada ação tem resultados. Se você plantar para seus próprios desejos, você colherá lamentos e maldade. Se você plantar para agradar a DEUS, colherá alegria e vida eterna. ¿Quê tipo de sementes você está semeando?

Embora outros possam não observar nossa negligência para com os servos de DEUS, Ele vê e dá a colheita correspondente. Vamos semear o que semeamos, e arar em maior quantidade daquilo que semeamos.

Scofield observa que «o ESPÍRITO não está falando aqui aos pecadores sobre seus pecados, mas aos santos sobre sua mesquinhez». Claro, é verdade (num sentido mais amplo) que «os que lavram iniquidade e semeiam o mal, segam isso mesmo» (Jó 4:8) e que  «aqueles que semeiam o vento, recolhem tempestades» (ver Oseias 8:7). O Historiador J. A. Froude disse: «Tão somente uma lição podemos tirar acerca da história que se repete claramente: de alguma forma, o mundo é construído sobre uma base moral, e que a pesar de tudo vai-lhes bem aos bons, e tudo vai-lhes mal aos maus».

Embora seja verdade (em um sentido geral) que devemos arar tudo o que semeamos, deve-se notar que esta advertência segue a uma exortação sobre a doação cristã. Contemplado sob essa luz, veremos que semear para a carne significa gastar o dinheiro em si mesmo, nos próprios prazeres e confortos. Semear para o ESPÍRITO é usar o dinheiro para promover os interesses de DEUS.

Aqueles que semeiam para a carne, ceifam uma colheita de frustração e perda aqui mesmo, na Terra, porque à medida que envelhecem, eles percebem que a carne que tanto agradaram (e pela qual viveram) está se deteriorando e morrendo rapidamente. Então, na era vindoura, eles perderão as recompensas eternas. Aquele que semeia para o ESPÍRITO, d’Ele colherá para a Vida Eterna.

Existem duas maneiras em que o termo «Vida Eterna» é usado na Bíblia:

1) É a atual posse de todo crente (João 3:36).

2) É o que o crente recebe no final de sua vida aqui na terra (Romanos 6:22).

Aqueles que semeiam para o ESPÍRITO, desfrutam a vida eterna aqui e agora de uma forma que outros cristãos não conhecem. Então, também, eles colherão as recompensas que acompanham a fidelidade quando alcançam seu Lar Celestial.

Most visited posts of this week:

Yom Teruah / Rosh Hashanah

A Festa das Trombetas (em hebraico: יוֹם תְּרוּעָה, Yom Teruá, ‘dia de gritar/ detonar’), ou Rosh Hashaná (em hebraico: ראש השנה, Rosh Ha-Shaná, ‘cabeça do ano’), é o ano novo bíblico civil, comemorado a 1 de Etanim ou Tishrei (sétimo mês do calendário bíblico cultual; ou o primeiro no calendário civil, conforme Levítico 23:24-25). Celebra-se desde o entardecer do dia anterior (29 de Elul) até o anoitecer do primeiro dia de Etanim.

Para o início do ano bíblico existem dois critérios:

1.- A Torá (Pentateuco) estabelece que o mês de Abibe ou Nisã (março-abril) é o primeiro dos meses do ano, em cujo primeiro dia se comemora o ano novo cultual (Êxodo 12:2; 13:3-5).

2.- No mês hebraico de Etanim ou Tishrei (setembro-outubro) comemora-se o dia em que DEUS criou o mundo e, conforme a opinião do rabino Eleazar ben Shammua, a partir desta jornada se contam os anos. Esta é a data da Festa das Trombetas (em hebraico: זכרון תרועה, Zikron Teruá, ‘comemoração com soar de trombetas’) estabelecida e…