Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

May the HOLY SPIRIT guide us


Gálatas 5:16


(Nova Versão Transformadora)

Por isso digo: deixem que o ESPÍRITO guie sua vida. Assim, não satisfarão os anseios de sua natureza humana.


Palavras do apóstolo Paulo de Tarso, escritas entre 50-60 d.C., dirigidas aos cristãos da província romana da Galácia.


Comentários:

O crente deve andar no ESPÍRITO, e não na carne. Andar no (ou pelo) ESPÍRITO é deixá-Lo ter o Seu caminho. É permanecer em comunhão com Ele. É para tomar decisões à luz da Sua santidade. É para estar ocupado com CRISTO, porque o ministério do ESPÍRITO é ocupar o crente com o SENHOR JESUS. Quando andamos assim no ESPÍRITO, então a carne, ou a vida do «ego», é tratada como morta. Não podemos estar ocupados com CRISTO e com o pecado ao mesmo tempo.

Disse C. I. Scofield: «O problema da vida cristã é baseado no fato de que o cristão, quando vive neste mundo, é (por assim dizer) como duas árvores: a árvore velha da carne, e a nova árvore da Natureza Divina implantada pelo novo nascimento. E o problema é cômo manter a velha árvore estéril, e fazer frutificar a nova. O problema é resolvido andando no ESPÍRITO».

Este versículo e os seguintes mostram que a carne ainda está presente no cristão. Com isto é refutada a ideia de que a natureza pecaminosa é erradicada.

Portanto, se seus desejos, caro leitor, o orientarem às qualidades mencionadas em Gálatas 5:22-23, então você pode inferir que o ESPÍRITO SANTO o está levando. Ao mesmo tempo, você deve ter cuidado para não confundir seus sentimentos com a direção do ESPÍRITO SANTO. O fato de ser guiado pelo ESPÍRITO SANTO envolve o desejo de ouvir, a vontade de obedecer, e a sensibilidade para discernir entre seus sentimentos e sua diligência para agir. Que o ESPÍRITO SANTO guie e controle a sua vida todos os dias, caro amigo. Em seguida, as palavras de CRISTO estarão em sua mente, o amor de CRISTO estará em suas ações, e o poder de CRISTO irá ajudá-lo a controlar seus desejos egoístas.

Most visited posts of this week:

Seven reasons to fast

Sete motivos para jejuar
O jejum é a prática de não se alimentar durante determinado tempo (1 Reis 21:9). É voluntário, exige pureza de vida (Isaías 58:3-7), e exclui a exibição (Mateus 6:16-18). Em duas passagens bíblicas relata-se que a liderança da Igreja, seguindo o costume hebraico, orou com jejum (Atos 13:2-3; 14:23).

A prática do jejum não é obrigatória (exceto em Yom Kippur), mas é uma recomendação bíblica, porque as Escrituras trazem consigo alguns princípios que devem ser entendidos e seguidos.

Por isso, eis 7 motivos para jejuar:

1.- Crescer em intimidade com JESUS.
2.- Adquirir sabedoria e direção.
3.- Receber proteção.
4.- Experimentar o poder de DEUS.
5.- Esperar o cumprimento das promessas de DEUS em nossas cidades e nações.
6.- Deter uma crise individual, familiar ou nacional.
7.- Receber revelação profética do final dos tempos.

Kenneth Hagin afirmou o seguinte: «O jejum não muda a DEUS. Ele é o mesmo antes, durante e depois de seu jejum. Mas, jejuar mudará você. Vai l…