Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2019




→ Passport ←

Guard yourselves from the greed

Lucas 12:15
(Nova Versão Transformadora)
Em seguida, [JESUS] disse: «Cuidado! Guardem-se de todo tipo de ganância. A vida de uma pessoa não é definida pela quantidade de seus bens».

Palavras de JESUS DE NAZARÉ (segunda Pessoa da SANTÍSSIMA TRINDADE: YHWH manifesto de três formas), dirigidas a um homem que pediu que JESUS julgasse a respeito duma herança (Lucas 12:13-14). Este diálogo aconteceu antes de JESUS contar a parábola do rico insensato, no terceiro ano (28-29 d.C.) do Ministério d’Ele na Terra (26-30 d.C.)

Comentários:

A ganância é o desejo excessivo de riqueza ou posses. É uma mania que prende as pessoas, fazendo com que elas desejem mais e mais. É uma febre que as leva a ansiar por coisas que de realmente não precisam.

Vemos a ganância no homem de negócios que nunca está satisfeito, que diz que vai parar quando acumular certa quantia, mas quando chega esse momento, ele está com fome de mais.

Nós vemos a avareza na dona de casa, cuja vida é uma farra de compras sem fim. Empilh…

Matthias, the apostle

Matias, o apóstolo que substituiu Judas Iscariotes
Memória simbólica: 24 de Fevereiro e 14 de Maio (Cristianismo Ocidental), e 9 de Agosto (Cristianismo Oriental).
Leitura principal:Atos 1:15-17; 1:20-26

Matias (Matatias ou Mateus) é nome frequente entre os hebreus, e quer dizer «dom de DEUS». Porém, poucas são as informações a respeito de Matias, o apóstolo. O que dele sabemos consta no início do Livro dos Atos dos Apóstolos. Para substituir Judas, o traidor, os Onze reunidos indicaram dois nomes: José Barsabás (apelidado Justo), e Matias. Eles tinham acompanhado JESUS, a começar do batismo de João, até o dia em que JESUS foi levado ao céu. Mediante sorteio, Matias foi eleito pela proposta de Simão Pedro, que em poucas palavras fixou os três requisitos para o ministério apostólico: pertencer aos que seguiam JESUS desde o começo; ser chamado; e também ser enviado (Atos 1:21-22). O novo apóstolo, cujo nome brilha na Escritura somente no instante da eleição, viveu com os Onze a fulguran…

Philip of Bethsaida & James the Just

• Filipe de Betsaida •
Os evangelistas Mateus, Marcos e Lucas nos dão de Filipe somente o nome e o lugar do nascimento: Betsaida. João nos oferece mais particularidades acerca da personalidade de Filipe, apresentando-o, antes de tudo, vinculado pela amizade com o apóstolo Natanael-Bartolomeu, que ele apresenta a JESUS: «Encontramos Aquele de quem escreveram Moisés, na Lei, e os Profetas: JESUS. Vem e vê» (João 1:45-46).

No relato da milagrosa multiplicação dos pães, é a Filipe que JESUS dirige a bem conhecida pergunta: «¿Ônde compraremos pão, para que esta gente possa comer?» (João 6:5). Filipe não entende o significado da pergunta, e depois de dar uma olhada à multidão, disse: «Duzentos denários de pão não seriam suficientes para que cada um receba um pedaço» (João 6:7).

O jeito um tanto embaraçado de Filipe vem à tona na última informação do Evangelho a respeito dele. Na Última Ceia, JESUS fala aos Seus apóstolos acerca da TRINDADE. Filipe está abismado pelo mistério, mas quer simpl…

John Mark, the evangelist and cousin of Barnabas

João Marcos, o evangelista e sobrinho de Barnabé
Memória simbólica: 25 de Abril

Leitura principal: Marcos 15:40-41; 16:1-7.

João Marcos foi discípulo de Pedro e, durante algum tempo, acompanhou o apóstolo Paulo. Escreveu o segundo Evangelho, e pregou em Alexandria, no Egito.

Nos livros do Novo Testamento, Marcos é lembrado dez vezes, com o nome hebraico de João, com o nome romano de Marcos, ou com o duplo nome de João Marcos. Para alguns estudiosos existem dois ou mesmo três Marcos, mas esse pluralismo de nomes se refere apenas a um só Marcos, filho daquela Maria em cuja casa reuniam-se os primeiros cristãos de Jerusalém, e onde foi se refugiar o próprio Pedro após a libertação prodigiosa do cárcere.

Marcos (hebreu de origem, da tribo de Levi) era filho de Maria de Jerusalém (já citada anteriormente) nascido provavelmente fora de Israel, de família abastada. Pedro, que o chama de «meu filho», o teve certamente consigo em suas viagens a Roma, onde Marcos escreveu o Evangelho que leva …

Jephthah's daughter

Juízes 11:31
(A Bíblia para Todos)

Oferecerei em holocausto a primeira pessoa que sair de minha casa, ao meu encontro, quando voltar da guerra. Oferecerei essa pessoa em sacrifício.


Palavras de Jefté, filho de Gileade (da tribo de Gade que possuiu a terra de Gileade), futuro juiz de Israel, logo após reunir tropas de Gade e Manassés Oriental para combater os invasores amonitas que dominaram Israel entre 1150 e 1133 a.C.

Comentários:

Quando fez seu voto, Jefté sabia que a sua filha poderia ser a primeira pessoa que ele encontraria. Mas saber isso não tornou as coisas mais fáceis. Seria um verdadeiro sacrifício para os dois cumprir esse voto. Jefté, por exemplo, rasgou as roupas quando viu sua filha, e disse que ela tinha partido seu coração. É difícil dizer o que Jefté fez para cumprir seu voto, mas pensa-se que ele não ofereceu sua filha como um holocausto. Tal sacrifício teria sido uma abominação a YHWH; portanto, supõe-se que Jefté a forçou a permanecer solteira e separada de sua famí…

Mary of Clopas

Maria de Cleofas (ou Clopas)
Memória simbólica: 09 de Abril (ou 24 de Abril, juntamente com Salomé, mãe dos apóstolos Tiago Maior e João Evangelista, filhos de Zebedeu).

Leitura principal: Marcos 15:40-41; 16:1-7.

Era a esposa de Cleofas/Clopas (Alfeu), e mãe de Tiago Menor e de José. (Mt 27:56, 27:61; João 19:25) A tradição, embora sem nenhum apoio bíblico, diz que Clopas e José, pai adotivo de Jesus, eram irmãos. Se isto for verdade, então esta Maria era cunhada de Maria (mãe de JESUS), e os filhos, primos de JESUS.

Maria de Cleofas não somente estava entre as mulheres que tinham acompanhado JESUS desde a Galileia para ministrar-Lhe, mas também presenciou ser ele crucificado (Mateus 27:55; Marcos 15:40-41). Junto com Maria Madalena, Maria de Cleofas permaneceu algum tempo perto do túmulo dele naquela dolorosa tarde (Mateus 27:61). No terceiro dia, as duas e mais outras, foram ao túmulo com aromas e óleo perfumado para untar o corpo de JESUS, mas para seu espanto, encontraram o túmul…

Paneled houses

Ageu 1:4
(Bíblia Viva)

¿Já chegou a hora de vocês morarem em casas luxuosas e confortáveis, enquanto o Templo continua em ruínas?


Palavras de YHWH DEUS, através do profeta Ageu, dirigidas ao povo de Judá que negligenciou a reconstrução do Templo, demonstrando assim sua indiferença e descaso para com as coisas Divinas e espirituais. Esta mensagem foi dada em 520 a.C., no segundo ano de governo do imperador (xá) medo-persa (aquemênida) Dario I, o Grande.


Comentários:

Esta profecia vem do segundo ano do rei Dario I dos aquemênidas, que governou de 521 a 486 a.C. YHWH repreendeu o povo por retrasar a reconstrução do Templo, enquanto eles próprios estavam confortáveis em casas estucadas (apaineladas): construções bem feitas e acabadas, possivelmente, até mesmo revestidas internamente de cedro (veja 1 Reis 7:7; Jeremias 22:14; Ezequiel 41:16).

O ponto principal da crítica de Ageu é que o Templo ainda não havia sido reconstruído, embora eles tenham começado a fazê-lo 15 anos antes, em 536 a.C…

To live is CHRIST

Filipenses 1:21
(Versão Fácil de Ler)

Por isso, para mim, o viver é CRISTO, e o morrer é lucro.

(Almeida Corrigida e Fiel)

Porque para mim o viver é CRISTO, e o morrer é ganho.


Palavras do apóstolo Paulo de Tarso, desde sua prisão em Roma, dirigidas aos cristãos de Filipos, na província romana da Macedônia, entre 60-64 d.C.

Comentários:

Aqui, em poucas palavras, temos a filosofia de vida que Paulo teve. Ele não viveu por dinheiro, fama ou prazer. O propósito de sua vida era amar, adorar e servir ao Senhor JESUS. Ele queria que sua vida fosse como a vida de CRISTO. Ele queria que o Salvador vivesse Sua vida através dele.

Morrer é ganho (lucro). Morrer é estar com CRISTO e ser como Ele para sempre. É para servi-Lo com um coração limpo e com pés que nunca se desviam. Em geral, não pensamos na morte como um de nossos ganhos. É triste dizer que a perspectiva atual parece ser que «viver é ganho terreno, e morrer seria o fim do lucro». Mas John Henry Jowett disse: «Para o apóstolo Paulo,…

Hear, O Israel

Deuteronômio 6:4-5
(Bíblia Viva)

4) Ouça, ó Israel: YHWH é nosso Deus: ¡YHWH somente!
5) Você deve amar YHWH, nosso Deus, de todo o coração, de toda a alma e com todas as forças.


Palavras de Moisés, filho de Anrão, durante seu primeiro discurso (Deuteronômio 1:1–4:43) de um total de três que ele fez antes de falecer no monte Nebo (Deuteronômio 34). Isto aconteceu no final do quadragésimo e último ano (1447 a.C.) de peregrinação no deserto (1487-1447 a.C.).


Comentários:

Esta passagem (capítulo 6, versículos 4-9) fornece o tema central de Deuteronômio. Estabelece um padrão que nos ajuda a relacionar a Palavra de DEUS à nossa vida diária. Temos que amar a DEUS, constantemente pensar em Seus mandamentos, ensinar Seus mandamentos a nossos filhos, e viver cada dia de acordo com os princípios de Sua Palavra. DEUS enfatiza a importância de os pais ensinarem a Bíblia a seus filhos. Esta responsabilidade não pode ser delegada à igreja e às escolas cristãs. A Bíblia oferece tantas oportunidades par…

Sincere reverent awe

1 Pedro 1:17
(Versão Fácil de Ler)

Vocês chamam de Pai Àquele que, sem parcialidade, julga a todos de acordo com as obras de cada um. Portanto, vivam uma vida reverente durante o tempo em que estiverem nesta terra na qual são estrangeiros.


Palavras do apóstolo Simão Pedro, filho de Jonas, dirigidas aos cristãos ao redor do mundo e de todas as eras. Esta carta foi redigida entre 62-64 d.C., desde a Babilônia da Mesopotâmia, onde havia uma importante colônia hebraica desde o exílio do século VI a.C.
Comentários:

Não somos apenas exortados à santidade, mas também a uma mente reverente. Isso significa um medo respeitoso, uma apreciação profunda de Quém é DEUS. Significa especialmente estarmos consciente de que Aquele a Quem nos dirigimos como Pai, é o mesmo que julga imparcialmente Seus filhos, de acordo com as obras feitas por cada um. Quando percebemos a extensão de Seu conhecimento e a precisão de Seu julgamento, devemos então viver com um saudável medo de desagradá-Lo. O Pai julga os…

Let's confess our sins

1 João 1:9
(Versão Fácil de Ler)

Se confessarmos nossos pecados, DEUS nos perdoará e nos purificará de toda injustiça, pois Ele é fiel e justo.


Palavras do apóstolo João, filho de Zebedeu, redigidas desde Éfeso (capital da província romana da Ásia) entre 85-90 d.C., dirigidas aos cristãos ao redor do mundo e de todas as eras.

Comentários:

Para que possamos andar diariamente em comunhão com DEUS e com nossos irmãos, devemos confessar nossos pecados: de comissão, omissão, pensamento, ato, secretos e públicos. Temos que arrastá-los a campo aberto diante de DEUS, chamá-los pelos seus nomes, colocar-nos do lado de DEUS contra eles, e abandoná-los. Sim, a verdadeira confissão envolve o abandono dos pecados: «Quem esconde seus pecados, nunca terá sucesso; mas quem os confessa e os abandona, será perdoado» (Provérbios 28:13).

Quando agimos assim, podemos confiar na promessa de que DEUS é fiel e justo para nos perdoar. Ele é fiel no sentido de que prometeu perdoar, e cumprirá Sua promessa. Ele é…

Affairs of this life

2 Timóteo 2:4
(Versão Fácil de Ler)

Nenhum soldado se envolve com negócios da vida civil, pois seu objetivo é agradar seu comandante.


(Almeida Corrigida e Fiel)

Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.


Palavras do apóstolo Paulo de Tarso, escritas em aprox. 67 d.C. desde Roma, dirigidas a seu discípulo Timóteo, pastor da igreja de Éfeso (capital da província romana da Ásia).Comentários:

Hoje, os seguidores de JESUS (incluindo os que servimos no tempo integral) somos soldados de CRISTO. Fazemos tudo o que podemos para seguirmos o conselho de Paulo dado acima, apesar da pressão que o mundo faz para que as pessoas comprem cada vez mais. Também nos lembramos do que a Bíblia diz: «Quem toma emprestado, é escravo de quem empresta» (Provérbios 22:7).

Satanás tem prazer quando usamos nosso tempo e nossas forças no sistema econômico do mundo. Algumas decisões podem nos tornar escravos deste sistema por anos. Por exemplo, para …

Dismas (Rakh), the penitent thief

Dimas (ou Rakh), o ladrão arrependido
Memória simbólica: 25 de Março (ou Sexta-feira Santa no Cristianismo oriental).
Leitura principal: Lucas 23:32-43.
Na Bíblia, o nome do ladrão arrependido não aparece. Ele expressa a crença de que JESUS virá no Reino de DESUS, e pede que, nesse dia, JESUS se lembre dele (Lucas 23:39-43). A tradição cristã dá-lhe o nome de Dimas(Rakh no Cristianismo oriental) a este ladrão arrependido, e ao outro, denomina-o Gestas.

Estes dois ladrões foram crucificados ao mesmo tempo que JESUS, um à Sua direita e outro à Sua esquerda (Mateus 27:38; Marcos 15:27-28, 15:32; Lucas 23:33; João 19:18), fato que o Evangelho de Marcos afirma como cumprimento da profecia de Isaías 53:12. De acordo com os Evangelhos de Mateus e Marcos, respectivamente, ambos os ladrões zombaram de JESUS (Mateus 27:44; Marcos 15:32); Lucas, no entanto, menciona que depois um dos ladrões repreendeu o outro por insultar JESUS (Lucas 23:39-43).

Segundo a tradição, o ladrão arrependido foi cru…

Annunciation of the Lord JESUS

Anunciação do Senhor JESUS
Memória: 25 de Março (data simbólica).
Leitura principal: Lucas 1:26-38.
Os primeiros cristãos lembravam as palavras do arcanjo Gabriel e da prima Isabel, registradas no Evangelho de Lucas. O conteúdo da anunciação diz respeito ao MESSIAS e à sua mãe, pois Quem nasceu dela é o FILHO DE DEUS.

O anjo usa a linguagem dos profetas do Antigo Testamento em suas profecias messiânicas, iniciando com convite à alegria e garantindo a ajuda de DEUS à Virgem escolhida para a mais alta missão. Maria é objeto das complacências divinas: YHWH está com ela, encontrou graça aos olhos do Altíssimo, será virgem e mãe de DEUS encarnado. A própria Maria reconhece nas palavras do anjo os termos proféticos que prenunciam a revelação do MESSIAS. Comparando a profundidade religiosa do total abandono de Maria à vontade de DEUS, com aquilo que tem de sobrenatural com o anúncio feito, podemos afirmar que no momento da sua resposta definitiva do fiat (faça-se), nela estava já presente,…

Do not mistreat My prophets

1 Crônicas 16:22
(Bíblia Viva)
“Não maltratem Meu povo escolhido”, disse DEUS. “Esses são Meus profetas: não toquem neles.”

Fragmento de um salmo escrito por Asafe e seus auxiliares, sob encomenda do rei Davi de Israel. Isto aconteceu depois que a Arca da Aliança foi levada da casa de Obede-Edom para Jerusalém, em 1000 a.C. aproxidamente, durante a primeira de quatro décadas de governo de Davi, filho de Jessé, sobre a nação de Israel (1009-970 a.C.).

Comentários:

Este versículo é idêntico ao Salmo 105:15 [104:15 LXX], e todo este cântico (1 Crônicas 16:8-36) é refletido também no Livro dos Salmos.

Portanto, este louvor do Primeiro Livro das Crônicas dos Reis de Judá, é um Salmo composto por Asafe e seus colegas, equivalendo a fragmentos de outros Salmos compilados e editados durante e após o cativeiro na Babilônia:

Versos 8-22 = Salmo 105:1-15 [104:1-15 LXX].
Versos 23-33 = Todo o Salmo 96 [95 LXX].
Versos 34-36 = Salmo 106:1 [105:1 LXX]; 106:47-48 [105:47-48 LXX].

Joseph of Bethlehem (Joseph of Nazareth)

José de Belém (ou José de Nazaré)
Mémoria: 19 de Março (ou no Domingo após o Natal [juliano] no Cristianismo Oriental)
Leitura principal:Mateus 1:16-24
As fontes biográficas de José são escassas. Os evangelhos de Mateus e de Lucas apenas mencionam José como descendente do rei Davi de Israel. O fato relevante na vida do homem justo foi seu casamento com Maria. A tradição popular nos conta que eram muitos os aspirantes à mão de Maria. Então todos os jovens pretendentes teriam deixado seus bastões para ter um sinal. Quando este apareceu, o bastão de José, prodigiosamente, floresceu. Todos reconheceram a preferência.

O matrimônio de José com Maria foi verdadeiro casamento, embora virginal. Quando José percebeu que Maria ia ser mãe, ficou sem saber quê fazer, e quê atitude tomar. Por um lado, sabia que ele não tivera parte naquela gravidez; por outro, era-lhe impossível duvidar da fidelidade da esposa. Resolveu deixá-la secretamente. Sendo homem justo (adjetivo relâmpago que ilumina toda a …

The lesson from the fig tree

Marcos 11:21
(Versão Fácil de Ler)
Pedro lembrou [da figueira amaldiçoada], e disse a JESUS: «¡Olhe, Mestre! ¡A figueira que o Senhor amaldiçoou ontem secou!»

Palavras redigidas pelo evangelista João Marcos, um dos discípulos de JESUS, e posterior auxiliar do apóstolo Paulo de Tarso. Nesta ocasião, Marcos escreve as palavras do apóstolo Simão Pedro, quando este viu a figueira amaldiçoada por JESUS de NAZARÉ. Isto ocorreu durante a Semana Santa (30 d.C.), na Terça-feira.

Comentários:

Na segunda-feira à tarde (dentro da Semana Santa), JESUS deixa Jerusalém e volta para Betânia, na encosta leste do monte das Oliveiras. Provavelmente ele passa a noite na casa de Lázaro, Marta e Maria, Seus amigos.

Na manhã de 12 de Abibe/Nisã, conforme o relato dos Sinóticos (ou 11 de Nisã segundo João), JESUS e Seus discípulos viajam novamente rumo a Jerusalém. É a última vez que Ele irá ao Templo, e é o último dia de Seu ministério público antes de Ele celebrar a Páscoa, instituir a Celebração de Sua mort…

Joseph of Arimathea

José de Arimateia
Mémoria: 17 de Março (ou 31 de Julho no Cristianismo Oriental)
Leitura principal:João 19:38-42
José de Arimateia foi um homem rico, senador e membro do Sinédrio, o colégio dos mais altos magistrados do povo judeu, e que formava a suprema magistratura judaica. A Bíblia relata que ele era discípulo de CRISTO, mesmo que secretamente (João 19:38). Arimateia, seu lugar de nascimento, foi uma cidade da Judeia, sendo possivelmente a antiga Ramataim-Zofim (Ramá), onde nasceu o profeta Samuel, filho de Eli e Ana (1 Samuel 1:1-20).

José de Arimateia era um rico comerciante, dono de uma frota de navios que faziam exportação (principalmente de minérios) para toda região de Israel até a Britânia. Era simpático às ideias de JESUS, e freqüentemente visitava em segredo a casa de Simão Pedro à noite, quando JESUS se hospedava lá, conversando com Ele por horas.

Na madrugada em que JESUS foi preso, um emissário o convocou para uma sessão especial no Sinédrio, para o julgamento de um “naz…

Lake of fire

Apocalipse 20:15
(Versão Fácil de Ler)
E aquele que não tinha seu nome escrito no livro da vida, era jogado no lago de fogo.

Palavras do apóstolo João, filho de Zebedeu, relatando sua visão que teve na ilha de Patmos em 95 d.C. aprox.

Comentários:

O tema do inferno gera enorme resistência no coração humano. Essa resistência é expressa com muita frequência na pergunta: «¿¡Cômo um Deus de amor criou um inferno eterno!?»

Se Paulo respondesse a essa pergunta, ele provavelmente diria: «¿Quém é você para discutir com DEUS?» (Romanos 9:20), ou «Seja DEUS verdadeiro, e todo homem mentiroso» (Romanos 3:4). Isso quer dizer o seguinte: a criatura, na verdade, não tem o direito de questionar o Criador. Se DEUS fez um inferno eterno, Ele tem razões válidas para ter realizado isso. Não temos o direito de duvidar do Seu amor ou da Sua justiça. Mesmo assim, nós recebemos informações suficientes nas Escrituras para justificar DEUS neste assunto.

Primeiro, sabemos que DEUS não fez o inferno para o homem,…

GOD's help in suffering

2 Coríntios 1:3-5
(Nova Bíblia Viva)
3) ¡Quê Deus maravilhoso nós temos! Ele é o Pai do nosso Senhor JESUS CRISTO, Pai de toda a misericórdia, e Deus de toda consolação. 4) Ele é aquele que tão maravilhosamente nos conforta e fortalece nas dificuldades e provações, para que, quando os outros estiverem aflitos, necessitados da nossa compaixão e do nosso estímulo, possamos transmitir-lhes esse mesmo consolo que DEUS nos deu. 5) Podem estar seguros de que, quanto mais suportarmos sofrimento por causa de CRISTO, mais Ele derramará sobre nós Seu consolo.

Palavras do apóstolo Paulo de Tarso, escritas para os cristãos de Corinto (capital da província romana da Acaia), ao redor de 55-57 d.C., desde Filipos (província romana da Macedônia), nos anos de ministério que exerceu durante sua Terceira Viagem Missionária.

Comentários:

Do versículo 3 ao 11, o apóstolo explode em agradecimento pela consolação que veio no meio de sua angústia e aflição. Sem dúvida, o consolo foi a boa notícia q…

Pleasant sacrifices to GOD

Sacrifícios agradáveis a DEUS
Levítico 1:10-17 nos ensina que aqueles que não podiam oferecer um bovino como sacrifício a DEUS, tinham que trazer uma ovelha ou uma cabra; aqueles que não podiam fazer isso eram aceitos por DEUS se traziam uma rola ou pombo. Além disso, as criaturas escolhidas para o sacrifício tinham que ser mansas, delicadas e inofensivas, para assim mostrar a inocência e mansidão que havia em CRISTO, e que deveria haver nos cristãos.

A oferta dos pobres é um tipo de expiação de CRISTO, assim como os mais caros sacrifícios também expressam o arrependimento, fé e devoção a DEUS.

Não temos desculpa se recusarmos a adoração agradável e racional de DEUS agora necessária e requerida. Mas nós não podemos oferecer o sacrifício de um coração contrito, ou de louvor e ação de graças (assim como antes de CRISTO não poderia ser oferecido um bovino ou um bode), se DEUS não Se entregasse primeiramente.

Quanto mais fazemos no serviço de DEUS, mais somos comprometidos com Ele, por S…

Christology

A Cristologia (do grego Khristós, mas o sufixo -logia; literalmente: «A compreensão de CRISTO») é o estudo da natureza (pessoa) e do trabalho (papel soteriológico) de JESUS CRISTO. Ela estuda Sua humanidade e Divindade, e a relação entre esses dois aspectos; além do papel que desempenha na Salvação.

Composição do nome JESUS CRISTO
JESUS: Do hebraicoYeshua (Salvador) e Yehoshua (Josué: «DEUS é Salvação»).
CRISTO: Do gregoKhristós (Ungido/Escolhido), proveniente do hebraico Mashíach (Messias: Ungido/Escolhido).

CRISTO como DEUS FILHO
Senhor e Cristo:Isaías 7:14; 9:6; Miqueias 5:2; Salmo 16:10 [LXX 15:10]; 110:1 [LXX 109:1].
Servo e Profeta:Isaías 53.
Logos (Verbo/Palavra) e Criador:Gênesis 1:26; João 1:1-13; Colossenses 1:15-20.

Heresias contrárias à Cristologia
Docetismo: Surgido no século II d.C., nega a humanidade de CRISTO.

Ebionismo: Existente desde o Cristianismo primitivo, afirma que somente o PAI é DEUS, e que JESUS foi constituído FILHO de DEUS após o Batismo.