Pular para o conteúdo principal




→ Passport ←

Holy Thursday

«A Última Ceia» (1495-1498), de Leonardo da Vinci.

Quinta-feira Santa


A Quinta-feira Santa é o quinto dia da Semana Santa no cristianismo ocidental, e o sexto dia no cristianismo oriental, pois este leva em conta o Sábado de Lázaro como primeira jornada de celebração.

Narrativa bíblica


A leitura bíblica recomendada para este dia, combinando todos os Evangelhos, é a seguinte: Lucas 22:7-13, João 13:2-20, Lucas 22:14-22, João 13:22-35, Lucas 22:24-37, e João 14–17.

Neste dia ocorreu a Última Ceia, o Sêder de Pessach (jantar da Páscoa), e iniciou a Festa dos Pães sem Fermento. Naquela ocasião JESUS lavou os pés de Seus discípulos, e instituiu a Eucaristia ou Santa Ceia como recordação da Páscoa e seu significado, e também como anúncio de Sua morte como Cordeiro pascal e expiatório de DEUS. Além disto, JESUS anunciou pela primeira vez que Pedro O negaria (Mateus 26:17-29; Marcos 14:12-25; Lucas 22:7-38; João 13).

Origem da Festa da Páscoa:



Instituição da Santa Ceia ou Eucaristia:



Depois de jantarem, JESUS e Seus apóstolos foram ao Monte das Oliveiras, e ali Ele prometeu o ESPÍRITO SANTO a Seus apóstolos e às demais pessoas que se converterem (João 14–16).

Finalmente, JESUS orou por Seus discípulos antes de ir ao jardim do Getsêmani (João 17).

Todos estes fatos, tradicionalmente datados na Quinta-feira Santa, ocorreram à noite. Mas como no calendário hebraico bíblico os dias iniciam ao anoitecer, e não à meia-noite, estes acontecimentos se desenvolveram no começo da sexta-feira bíblica.

Data


A maneira bíblica de calcular a data desta comemoração, é levar em conta o seguinte:

A Quinta-feira Santa é o quinto dia após o Sábado de Lázaro, e este último é aquele sétimo dia da semana imediatamente anterior a 15 de Abibe/Nisã do calendário hebraico bíblico (o primeiro dia da Festa dos Pães sem Fermento).

Como os acontecimentos da Semana Santa foram no ano 30 d.C., no calendário hebraico bíblico esta quinta-feira foi 14 de Abibe/Nisã, e no calendário gregoriano foi 3 de abril de 30 d.C.  Porém, se comparadas como o calendário gregoriano, as datas no calendário hebraico bíblico sempre são móveis. Portanto, eis uma tabela das datas da Quinta-feira Santa entre os anos 2000 e 2030 d.C.:

2000:   20 de abril
2001:   12 de abril
2002:   28 de março
2003:   17 de abril
2004:   08 de abril
2005:   28 de abril
2006:   13 de abril
2007:   05 de abril
2008:   24 de abril
2009:   09 de abril
2010:   01 de abril
2011:   21 de abril
2012:   05 de abril
2013:   28 de março
2014:   17 de abril
2015:   02 de abril
2016:   21 de abril
2017:   13 de abril
2018:   29 de março
2019:   18 de abril
2020:   09 de abril
2021:   01 de abril
2022:   14 de abril
2023:   06 de abril
2024:   25 de abril
2025:   17 de abril
2026:   02 de abril
2027:   22 de abril
2028:   13 de abril
2029:   29 de março
2030:   18 de abril

Most visited posts of this week:

Shavuot (Pentecost)

Pentecostes é o nome grego para um festival bíblico conhecido em língua hebraica como Shavuot: a Festa das Semanas (Levítico 23:15; Deuteronômio 16:9). A palavra grega significa «cinqüenta», e refere-se às cinco dezenas de dias que transcorrem desde a oferta movida da Páscoa (Levítico 23:4-22). A Festa das Semanas (Shavuot) celebra o fim da colheita de grãos.

Esta celebração é a segunda das três grandes festas anuais do Pentateuco (Torá). As outras são a Páscoa/Festa dos Pães sem Fermento, e Sucot/Festa dos Tabernáculos (Êxodo 23:14-16; Levítico 23:15-21; Números 28:26-31; Deuteronômio 16:9-12).

Etimologia
A Festa das Semanas (Shavuot) adquiriu o nome de Pentecostes, por causa de que se comemorava no dia qüinquagésimo a partir da jornada em que era movido o molho (feixe) da oferta (Levítico 23:15).

Em hebraico, o nome desta festa é Shavuot. Este vocábulo é plural de Shavua, que em hebraico significa «semana». Portanto, Shavuot significa «semanas».

Em grego, o nome desta festa é Pentec…